prefeito

Prezado Serafim Corrêa (PSB) Saudações! Escrevo essa carta, mas não repare os senões, para dizer o que penso sobre a sua administração nestes últimos quatro anos como prefeito de Manaus, uma cidade que, desde a época em que se chamava Lugar da Barra, foi sistematicamen...

Detalhes

Prezado primo Hélio,   Saudações! Escrevo essa carta, mas não repare os senões, para dizer o que sinto, longe de ti, depois do que li, anteontem, nos jornais: “O ex-prefeito de Tefé, Francisco Hélio Bezerra Bessa, foi preso pela Polícia Federal, na última terça-feira à ...

Detalhes

Vocês viram só como os cariocas morrem de inveja dos amazonenses? A campeã do carnaval de 2007 de Manaus foi a Escola de Samba ´A Grande Família´, do bairro São José, que desfilou com o enredo ´Coari, um Brasil que Cabral não viu´. Deu certo. Por isso, uma escola de sam...

Detalhes

Os moradores da cidade de Manaus podem dormir tranqüilos, porque têm alguém lúcido e corajoso para defendê-los: o vereador Fabrício Lima (PSDB). Bravo, destemido e aguerrido, o jovem edil Fabrício possui aquelas cinco qualidades que, na opinião do escritor alemão Bertol...

Detalhes

.- Coitado, ele ficou lelé - comentou dona Ninoca, na saída da novena. O sacristão Nonato, catraieiro nas horas vagas, concordou: - É. Ele está com um parafuso frouxo. - Um não, vários - corrigiu a irmã Pautila, que tocava órgão na igreja Nossa Senhora do Rosário. Os ...

Detalhes

. Zeca Baré, morador do bairro Santa Etelvina, na zona norte, é tarado por Manaus. Adora sua cidade. Durante a semana, ele participou, sentado na platéia, do '1º Seminário Manaus, Vila, Cidade e Metrópole', promovido pela Prefeitura. Não perdeu uma só palestra. No final...

Detalhes

.Era madrugada avançada. O caboco Prudêncio, vigia da casa onde funciona o Comitê do Serafim, dormia, só de cueca, sonhando com Coari, sua cidade natal. De vez em quando, coçava a frieira no punho da rede de tucum. De repente, acordou com sons de tamancos batucando no...

Detalhes

.Podem reparar: toda vez que se exige alguma atividade intelectual do Cabo Pereira e de seu vice, Omar Aziz, eles fogem do pau. Um dia, o Roberto Amazonas, do ICOTI, viu sair fumacinha da cabeça dos dois, numa partida de dominó, quando tentavam pensar. Contar os buraqui...

Detalhes

.Era madrugada avançada. O caboco Prudêncio, vigia da casa onde funciona o Comitê do Serafim, dormia, só de cueca, sonhando com Coari, sua cidade natal. De vez em quando, coçava a frieira no punho da rede de tucum. De repente, acordou com sons de tamancos batucando no...

Detalhes

Eram dois arigós, dois cabras-da-peste. Um nasceu em Pernambuco, em 1886. O outro no Maranhão, em 1898. Um não sabia da existência do outro. Mas a borracha iria junta-los no início do século, na mesma cidade e, quase cem anos depois, o destino iria uni-los politicamente...

Detalhes

Manaus, 8 de agosto de 1990. Querido filho, Recebi tua cartinha e não respondi antes porque essa gripe maluca me deixou acamada, com quatro problemas: o buraco do beco, o calor infernal, a Céu que se socou dentro de casa com as filhas e a Preta que, todo dia, por causa ...

Detalhes

Supunhetemos, com todo o respeito, que o prefeito de Manaus, Amazonino Mendes (PTB-vixe,vixe), solte um pum, depois de ingerir duas cuias de tacacá apimentado. Sei que parece inusitado, mas foi isso mesmo que você ouviu: um pum! É. É isso mesmo! Acontece. Com as mel...

Detalhes

O primeiro prefeito indígena do Acre, o ashaninka Isaac Piyãko, de 44 anos, só tomou posse no 1º de janeiro de 2017 porque arrombou a porta do gabinete da Prefeitura do município de Marechal Thaumaturgo. É que seu antecessor fugiu com as chaves. Não sei se nessa hora, o...

Detalhes