CRÔNICAS MAIS ACESSADAS

CRÔNICAS RECENTES

Duas escritoras indígenas: a batalha da poesia

Os filiados ao Partido Sem Literatura (PSL vixe vixe) se perguntam: Poesia se come com farinha? Afinal, para que servem poetas? A complicação aumenta quando se trata de poetas indígenas e podemos inda...

Literatura indígena: entre pássaros, leões e hienas

“Narrar é resistir” (Guimarães Rosa). Eram dois mundos diferentes. No planalto, o leão disputava a carniça do poder com a hiena, que nele votara para o posto de rei da floresta e, agora, arrependida ...

Literatura indígena: entre pássaros, leões e hienas

“Narrar é resistir” (Guimarães Rosa). Eram dois mundos diferentes. No planalto, o leão disputava a carniça do poder com a hiena, que nele votara para o posto de rei da floresta e, agora, arrependida ...

Manaus e Georgia: cadê a mamãe?

“Just this old sweet song / keeps Georgia on my mind” (Ray Charles, Georgia, 1960) Na semana, muita água rolou debaixo da ponte. Fabrício Queiroz, o corrupto de estimação da família Bolsonaro, contin...

As borboletas, a farofa e o PSL

Borboleta amarela / no céu azul / infinita beleza. / Não fazer mal a ninguém / infinita beleza. (Avaju Poty Guarani) Estamos no ano 2.025. A cadeia de lojas “Mariposão” dedicada ao ramo de exportação ...

Equador, Roraima e Vaticano: cadê o arvoredo e o clima ameno?

“En la lucha de clases / todas las armas son buenas / piedras / noches / poemas”.Paulo Leminski Eles fizeram aquilo que vêm fazendo há mais de 500 anos: (r)existir. Nesta semana, no Equador, em Roraim...

140x140

17435504

ACESSOS AO SITE